quarta-feira, 18 de maio de 2016

Conto 13 - Rian




Conheci Rian num cursinho, desses que a gente faz para passar o tempo. Ele era professor e eu não tinha grandes expectativas com nada ali.
No primeiro dia de aula eu cheguei cedo, sentei no fundão - como sempre - e observei a turma, nada de interessante. E então ele entrou.

"Bom dia, meu nome é Rian e eu vou dar aula para vocês. Tem alguns rostos novos aqui. Qual seu nome?" Tenho certeza que eu estava boquiaberta desde que ele cruzou a porta. Quase não consegui responder. "Luiza",  finalmente saiu. "Fique a vontade, qualquer coisa é só perguntar." Já estava me vendo pedindo numero de telefone, CPF e RG, além de nós dois num sexo selvagem em cima da mesa. Ele não tinha nada de especial, não era nenhum galã de novela mas, sei lá, eu tenho esse sexto sentido em me conectar com pessoas boas de cama.
Todos os dias eu fantasiava uma aventura deferente com ele. Uma semana depois e nenhuma palavra trocada ele me ofereceu uma carona. Eu sabia que tinha algo por trás daquilo, ele ia em direção oposta a minha - notei isso no primeiro dia de aula - mesmo assim eu aceitei, afinal ele não era nenhum psicopata.