terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Conto 10 - Sexo na Ilha

   
Quando conheci Luiza ela tinha acabado de perder  a virgindade, estava doida pra 'conhecer o mundo' em busca de novas experiências e descobertas. Ela era uma garota normal que, como todas as outras, vinha para ilha para passar o carnaval, fazer sexo, se embebedar e ir embora na quarta feira de cinzas. Não que eu não gostasse, eu adorava aquilo, mas aquela garota magrinha de trancinhas no cabelo e um olhar devorador, tinha mais para me mostrar do que para experimentar...
     Nosso primeiro dia na ilha foi tranquilo, conversamos, mostrei o lugar, fomos a praia (e ela de biquíni era um espetáculo a parte) e de noite fomos pra rua curtir. Acabou que ela não resistiu e nós ficamos, no meio da rua. Não esperava transar com ela no primeiro dia, mas a garota tinha fogo que me deixava louco.

    Fomos pro mirante da ilha, um lugar bem no alto onde se pode ver toda a ilha e uma parte do continente, ela estava doida pra me dar... e eu doido pra comê-la. Não perdi tempo, arranquei a roupa dela todinha e só olhei. Porra, ela nua era muito melhor que de biquíni e eu fiquei sem saber por onde começar. Ela me olhava de um jeito que parecia que ia me devorar e, de certa maneira, devorou mesmo.

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Que venham 2.014 fodas fantasticas!



Eu sei, eu sei. Estou em falta com vocês. Mas entendam, sem computador não rola postagem, e meu celular não é tão foda quanto eu gostaria e eu não sei teclar rápido em touch screen... Então, por favor, perdoem minha falha técnica.

Acabamos 2013 e eu não postei o conto 10. Começamos 2014 e eu também não postei nada. Mas aqui estou eu postando um singelo pedido de desculpas...

A partir de hoje, todo domingo postarei alguma coisa. Aí sua curiosidade vai perguntar “porque domingo, Laila?” porque domingo é o dia em que eu estou em casa. E se algum domingo eu não postar, não se preocupe, devo estar na caverna da minha mãe que não tem sinal de nada - só Sky! – e posto na segunda de manha antes de ir trabalhar.

Espero que vocês aceitem minhas desculpas e continuem me lendo e comentando e mostrando para os amigos, e se tiverem algo a pedir só mandar um e-mail: tavasopensando@gmail.com.br.

Que vocês tenham 2.014 fodas fantásticas esse ano! Beijos, beijos.

Laila ♥