segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Conto 9 - Heitor



 

Conheci Heitor num bar pé sujo no Rio de Janeiro, numa dessas vindas rápidas de Minas pra rever a família. Não posso negar que fiquei apaixonada por ele assim que o conheci, ele era um negro muito, muito bonito que chamou toda a minha atenção, e eu nunca tinha ficado com negros antes. Passei a noite inteira me jogando pra cima dele pra nada. Não me lembro muito bem quanto tempo depois eu finalmente consegui sair com ele, mas me lembro que tivemos noites e dias bem interessantes, como esse que vou contar agora.

Heitor trabalhava na academia do pai dele, já tinha comentado algumas vezes sobre o lugar, mas nunca tínhamos ido lá, normalmente ficávamos na casa de um amigo, ou na casa dele. Mas a academia não era um lugar que eu pensava ser favorável pra sexo. Como eu estava enganada.

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Garotos - Por Gustavo Lacombe



Tudo treme. Parece que é a primeira vez. Parece que sou um menino assustado que não sabe onde colocar as mãos. A testa sua, os olhos piscam mais que o normal e não consigo falar. A língua enrola e faz as palavras tropeçarem antes de saírem da boca. Ainda mais agora, que ela tira a blusa e monta em cima de mim. Pele, barriga, peitos e músculos retesados segurando meu cabelo com direito a poses. E posses.
Vai me levando aonde quiser.
Esqueço o antes. As posições inventadas com outras, os dentes cravados no pescoço, as unhas arranhando as costas, os orgasmos barulhentos ou silenciosos. Nada importa agora. O mistério é tudo que pesa sobre mim. Sinto a dobra do lençol amarrotado marcar meu corpo, mas logo ela me puxa e vai comandando as ações. O antes esquecido, sou como um papel em branco pronto para ser rabiscado pelo amor que ela quer fazer agora.

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Conto 8 – O novo funcionário




Já estava de saco cheio de trabalhar naquela lojinha de fotos sem graça, no centro comercial de Ouro Preto, quando Léo foi trabalhar lá. Eu não tinha interesse nenhum em ninguém daquele lugar, os homens mineiros são meio sem graça e meu chefe ficava dando em cima de mim como quem está passando fome na rua! Mas para minha alegria, o Léo chegou. Um mineirinho sem muitos atrativos, mas que fez piscar minha intuição de que ele valeria a pena. Não sei se eu já contei, mas eu tenho um dom: eu sei quando o cara é bom de cama só de olhar pra ele. Isso acontece desde que eu era criança, mas naquela época, não entendia o porquê, hoje, anos de experiência depois, eu sei, simplesmente sei quando um cara vale a pena. E com ele não foi diferente.

De início não tínhamos muito que falar, eu era a garota do Rio de Janeiro e ele o cara novo na loja. Passava a maior parte do dia na frente do computador fazendo suas restaurações e almoçava sempre sozinho. Alguém precisava quebrar aquele gelo todo. Um dia resolvi chamá-lo pra tomar umas cervejas com o pessoal depois do trabalho pra que todo mundo se conhecesse melhor - isso sempre funciona, não importa em que lugar do mundo você esteja! Léo era muito tímido, mas era uma gracinha. Conversamos civilizadamente por algum tempo e quando os litros de cerveja já estavam fazendo efeito na minha pessoa, não perdi tempo: ‘quero transar com você’ e o agarrei no meio do bar. Foi o beijo mais estranho que já dei na minha vida, levando em consideração que eu estava bêbada e ele estava tentando fugir de mim! 
No dia seguinte eu não tinha cara pra olhar pra ele, nunca tinha me arrependido de nada ate aquele dia. Foi uma doideira assustar o garoto assim, do nada. Mas no final do dia, quem sairia assustada seria eu.

terça-feira, 15 de outubro de 2013

13 opções (ilustradas) pra transar no carro



Durante minhas férias participei de um encontro de mulheres na casa de uma amiga e o assunto não poderia ser outro: S-E-X-O! Conversa vai, conversa vem, muitas perguntaram por que sexo no carro é tão excitante. Não dá pra negar que o carro tem seu charme pessoal - assim como os elevadores – e quando surge uma brecha, a gente aproveita. O problema é que nem todo mundo tem criatividade pra transar no carro, e a transa acaba se tornando desconfortável e algumas vezes a parceira não quer repetir a dose.
Então, pensando no bem estar de vocês meninas, eu e minha vasta experiência no assunto automotivo, estamos aqui para te dar algumas dicas. São 13 posições extremamente fáceis pra se praticar. As dicas são inspiradas nas fotos do site Huhull e as dicas por minha conta. Antes de começar a brincadeira, não esqueça: use camisinha e estacione num lugar seguro. Afinal, não vai querer bisbilhoteiros como plateia pra grande aventura, né?